Crédito.pt

Informe-se antes de pedir

A sociedade de consumo

Em termos muito gerais o sistema económico pode ser definido como um conjunto de mecanismos económicos da sociedade.

Estes mecanismos determinam a forma como as forças produtivas (recursos materiais e humanos) são postos em acção (relações de produção), por quem (sector público ou privado e os trabalhadores), e com que objectivos (repartição planificada, maximização do lucro ou autarcia).

Qualquer sistema económico está intimamente ligado à realidade do país ou da região no qual se desenvolve (riquezas naturais, densidade de população, relações sociais, situação política, etc). Sendo assim, apesar de um base teórica idêntica, os sistemas económicos poderão ser na realidade bastante diferentes no espaço e no tempo. Vivemos numa economia de mercado, isto é, num sistema económico regido pela lei da oferta e da procura de bens ou serviços. O confronto entre estas duas partes vai permitir determinar a natureza e a quantidade de bens e serviços produzidos bem como os respectivos preços.

Na economia de mercado a propriedade dos meios de produção e de troca é normalmente privada e a maior parte da população trabalha por conta de outrem recebendo em troca uma remuneração, o salário.

Além disso, existe uma grande liberdade no funcionamento da economia (liberdade de comprar ou de vender, de produzir ou não, de investir ou cancelar o investimento), que normalmente favorece o interesse particular em detrimento do interesse geral. Neste tipo de sistema económico, existem três tipos de empresas:

Quer uma proposta sem qualquer custo?

Opte por um crédito à sua medida, experimente: