Crédito.pt

Informe-se antes de pedir

Cartão de crédito - Como se proteger do desemprego

Ter um cartão de crédito pode ser uma ótima ajuda no seu orçamento familiar e pode até ajudá-lo em situações de desemprego, mas também é necessário evitar os pagamentos em atraso. Veja como pode usar o seu cartão para o ajudar em situações difíceis sem entrar em incumprimento.

Controlar os gastos do seu cartão de crédito

Ter um cartão de crédito tem imensas vantagens, mas também é necessário que controle cuidadosamente os gastos. Ao ter disponível um plafond extra é simples cair na tentação e gastar mais do que aquilo que pode pagar. Esta situação não é recomendável em nenhum caso, mas poderá ser especialmente perigosa se ficar desempregado.

A melhor forma de utilizar o seu cartão de crédito é elaborar previamente um orçamento familiar, onde irá definir o valor que pode pagar mensalmente para o cartão de crédito. Deve definir um valor de compras máximo e um valor mínimo de pagamento mensal.

É ainda importante evitar compras de impulso apenas porque tem plafond disponível.

Evitar os juros efetuando o pagamento total

A maior parte dos cartões de crédito permite-lhe usar o saldo do seu cartão sem que lhe sejam cobrados juros. Para isto, apenas tem que pagar o valor total na data limite do extrato atual. Assim, imagine que gasta 300€ do seu cartão de crédito, desde que os liquide totalmente no próximo extrato, não vai pagar quaisquer juros sobre este valor. Esta hipótese é principalmente vantajosa em situações em que não temos dinheiro disponível no momento, mas vamos tê-lo antes do final do extrato do cartão.

Em casos de dificuldades financeiras pontuais, o seu cartão de crédito pode fornecer-lhe crédito sem qualquer custo adicional, tornando-se um ótimo aliado em situações imprevistas.

Aderir ao Plano de Proteção ao Desemprego

O Plano de Proteção ao Desemprego é um género de seguro que é oferecido por algumas entidades bancárias. Poderá ser extremamente útil em casos de desemprego e consequente impossibilidade de pagamento das prestações devidas.

Como funciona

As condições destes planos variam de banco para banco, mas de uma forma geral, este plano vai assegurar o pagamento do valor em dívida em caso de desemprego.

A percentagem de valor que o banco vai assumir varia de banco para banco, mas será sempre superior ao seu valor mínimo mensal.

Desta forma está sempre protegido e não entra em incumprimento.

Quanto vou pagar

O valor é normalmente pago mensalmente e proporcionalmente ao valor em dívida. Também deve consultar junto da entidade emissora do seu cartão de crédito, mas normalmente as taxas ficam entre 0.50% e 1% do valor em dívida do momento. Isto significa que irá sempre pagar um valor a mais, e que este será tanto maior, quanto o valor que estiver utilizado no seu cartão.

Quando posso ativar o Plano de Proteção ao Desemprego

Regra geral, pode ativar o Plano assim que fica desempregado, mas deve sempre confirmar as condições do seu cartão. A partir do momento em que este plano é ativo, o banco irá assumir o pagamento de parte do seu cartão durante um prazo pré-definido, poderá ser 12 meses ou mais.

Quer um cartão de crédito?

Nós recomendados o seguinte: